Sonhos de Uma Vida



Oiiii ;D bem vindos ao mundo encantado de Juliana...É aqui que posto um pouco do que eu curto , do que almejo pra minha vida ...
Aqui estão um pouco dos meus sonhos, desejos ... Espero que vcs gostem ... aproveitem e comentem um pouco dos seus sonhos comigo irei adorar ...

domingo, 19 de agosto de 2012

Fim de negros dias.



Tu que andas sozinho em meia escuridão, clama a alma o perdão.
Pelos os dias de treva e as noites de abismo, corre contra o tempo
que perdeu, pois, foi injusto com a vida, perdeu amigos ,perdeu  amores,
que por tantas noites chorou, a ausência de um amor perdido.

Corre contra o tempo, corre contra o tempo, vai buscar o que deixará
para trás , devolve a te o prazer , o brilho do  teu olhar, busca o teu amor
perdido que deixarás , corre , corre  sem parar e busca o teu amor.

Brilhou a luz distante, em um corredor sem fim.
Sem fim parar os olhos que veem mais perto para os pés
que corre sem parar . Sua cabeça seu mapa, seu coração
seu guia. Corre, corre, sem parar é a luz que se aproxima,
avisando que chegou ao o fim.

sábado, 30 de junho de 2012

Minha Louca Lucidez

Momentos, apenas momentos, desses que te faz dançar sozinha , cantar na banheiro como se estivesse em palco, ser a estrela maior...
Tem dias , desses, onde tudo não parece fazer nem um sentido, dias que me sinto um pouco louca, louca de ficar o dia enteiro de pijama ,ouvindo a mesma música , dessa que tem a letra meio mórbida....
O espelho, ha o espelho; quis tantas vezes quebrar , descobrir que ele é mentiroso, ás vezes me olho e me sinto uma verdadeira diva, em outras palavras, a dona do pedaço, tudo cai bem , roupa ,calçado, cabelo ... efim , tudo perfeio...
Tava aqui pensando, será que sou normal?
- Eu acho que sim... E quem não é?
Quer saber, sou  mais que normal; só estou meio atrapalhada... Acabei de pensar , gostaria de ser baterista de uma banda famosa, eu iria adorar.
Chega, não quero saber de nada disso, quero ficar quieta, aqui, na minha cama de pijama e meia .

Juliana Marinho
Minhas persianas tem vontade próprias, aos poucos as janelas ficam entreaberta a luz que antes refletia o dia agora divide espaço em meia escuridão.


Juliana Marinho

domingo, 27 de maio de 2012

"A minha cara de paisagem esconde um coração triste."
Juliana Marinho